12_3-2018 UMP reuniao codigo

A União das Mutualidades Portuguesas (UMP), na qual A Previdência Portuguesa está filiada, reuniu-se, na passada quarta-feira, na Casa da Mutualidade – Galeria de Arte e Centro de Mutualismo, para debater o anteprojeto do novo Código das Associações Mutualistas.

O anteprojeto, proposto pelo Governo, prevê diversas alterações de grande importância para a regulação, sustentabilidade e desenvolvimento das Mutualidades em Portugal.

Segundo António Martins de Oliveira, Presidente do Conselho de Administração d´A Previdência Portuguesa, o novo Código das Associações Mutualistas tenderá “a condicionar a vida normal das associações”, nomeadamente no que respeita a atividades e valências já existentes, assim como na abertura de novos projetos de solidariedade social. “Há artigos que terão de ser bem estudados. Verificámos que existem incongruências [no novo Código] que podem prejudicar a atividade da generalidade das instituições mutualistas”, acrescentou o dirigente associativo.

A União das Mutualidades Portuguesas decidiu preparar uma resposta conjunta, a ser subscrita por todas as associações, no sentido de propor alterações ao anteprojeto de lei.

A União das Mutualidades Portuguesas representa o Movimento Mutualista português, com mais de 2,5 milhões de beneficiários.