10

A Previdência Portuguesa (APP) inaugurou no passado dia 2 de julho, pelas 18h30, a exposição de pintura “Feminino Plural”, da artista Maria Guia Pimpão. A mostra está aberta ao público, e pode ser visitada até 30 de julho. Foram tomadas todas as medidas de segurança para salvaguardar a higiene do espaço, de acordo com as recomendações da DGS.

Foi inaugurada no 2 de julho, na Casa da Mutualidade d´A Previdência Portuguesa, a exposição “Feminino Plural” da artista Maria Guia Pimpão, de Coimbra. Estão patentes 22 obras que enaltecem a figura da mulher, nas suas diversas facetas, fazendo-nos refletir sobre aspetos sociais como o racismo, os refugiados ou os casamentos forçados de crianças do género feminino. Na mostra estão ainda representadas a figura da mulher, enaltecendo a Rainha Santa Isabel e a Inês de Castro, referências históricas da cidade de Coimbra, numa época em que se celebra as festas de cidade em honra na nossa padroeira.

A inauguração da exposição “Feminino Plural” contou com a presença do Presidente do Conselho de Administração d´APP, Dr. António Martins, que além de reforçar a imagem e o papel social d´APP, bem como os seus objetivos futuros, frisou e congratulou a artista Maria Guia Pimpão, tanto pelo seu percurso profissional como pelo seu percurso como artista, destacando a beleza e profundidade das suas obras.

Maria Guia Pimpão é natural da Covilhã, licenciada em Economia, Mestre em Contabilidade e Finanças e docente aposentada pelo ISCAC- Instituto Superior de Contabilidade e Administração de Coimbra. A artista frequentou o Círculo de Artes Plásticas de Coimbra, fez parte das Oficinas Livres de Pintura da ÁRVORE, Cooperativa de Atividades Artísticas, no Porto e atualmente frequenta o Atelier do Mestre Alberto Péssimo. Já realizou diversas coletâneas e exposições individuais no país. É autora da ilustração (com pintura) dos livros “Lia no País da Poesia” de Leocádia Regalo ou “É o Coração Que Escolhe” de Ana Alegre. Com mais com mais participações em ilustrações de capas de livros. É coautora dos livros “26 Poemas, 2 Pinturas” de homenagem a António Arnaut e Eugénio de Andrade. A artista tem vindo a colecionar diversos prémios, o mais recente foi em 2018, a Medalha de Ouro, no Concurso Bienal Prémio Mário Silva, promovido pela Associação de Artistas Galego-Portuguesa.

A exposição poderá ser visitada de segunda a sexta-feira, entre as 9h e as 12h30 ou 14h e as 18h30, estando patente até dia 30 de julho na Casa da Mutualidade- Galeria de Arte e Centro de Mutualismo, na Rua Dr. Manuel Rodrigues nº5, Coimbra. Para mais informações ligue 239 828 055.

Venha visitar-nos!

1

2

4

5

6

9

11

12