900x400

A Previdência Portuguesa e a Coimbra Business School | ISCAC organizaram em parceria a Conferência “Mutualismo – 90 Anos” no final da tarde desta terça-feira, dia 09 de abril, no Auditório Marques Almeida. O evento, que se inseriu no programa comemorativo do 90.º Aniversário d’A Previdência Portuguesa, apresentou as virtudes do Movimento Mutualista enquanto base primordial da Economia Social.

A sessão contou com a presença do Presidente d’A Previdência Portuguesa, António Martins de Oliveira, do Presidente da União das Mutualidades Portuguesas, Luís Alberto Silva, do Presidente da Mutuália – Federação Mutualista, Albano Loureiro, do Vice-Presidente da Coimbra Business School | ISCAC, António Sandinha Serra, do Docente da Coimbra Business School | ISCAC, Gabriel Silva, e do Mestre em Gestão Empresarial pela Coimbra Business School | ISCAC, Luís Nunes, que realizou o seu Estágio Curricular n’A Previdência Portuguesa.

António Sandinha Serra, em representação da Coimbra Business School | ISCAC, felicitou A Previdência Portuguesa, pois “90 Anos numa Instituição sem fins lucrativos é um marco de que todos os Associados devem sentir-se extremamente orgulhosos”. Felicitou, também, o Aluno, agora Mestre, Luís Nunes, que honrou a Escola ao realizar o Estágio com muito trabalho e mérito.

António Martins de Oliveira, Presidente da Associação Mutualista celebrada na Conferência, lembrou que, ao longo dos anos, as crises socioeconómicas foram fatais para as Associações Mutualistas e, de todas as existentes na Zona Centro, “fomos a única que sobreviveu”. Em 2018, foi desenvolvido um Plano Estratégico que aposta no crescimento da Massa Associativa e quotização, no aumento do património e na criação de novas valências e produtos. Martins de Oliveira referiu, ainda, a procura incessante da Associação em atingir a “excelência organizacional”. Terminou afirmando que “a Instituição, a Administração e os Colaboradores estão a trabalhar no sentido de dar continuidade a um projeto que foi iniciado em 1929”.

Gabriel Silva, Docente que orientou o Mestre Luís Nunes no seu Estágio, comprovou o esforço d’A Previdência Portuguesa em alcançar a excelência organizacional, que procura adotar uma gestão cada vez mais profissional e que mereceu o empenho de Luís Nunes, na sequência do estudo de soluções para responder às “preocupações com a sustentabilidade económica da Instituição”.

Luís Nunes retratou a performance organizacional da Associação Mutualista (entre 2012 e 2016), identificou e avaliou os seus segmentos, onde concluiu que a Instituição apresentava dois segmentos (Sede e JIPP) com uma atratividade baixa e uma posição competitiva igual e um segmento (Património) com uma atratividade média e uma competitividade igual. O estudioso concluiu que a Associação devia “redefinir e adequar as suas estratégias, por forma a otimizar os Segmentos”. Complementou, ainda, o trabalho com uma proposta de implementação de um Balanced Scorecard (Sistema de Gestão Estratégico), que fornece linhas de orientação à Instituição para alcançar a sua Missão.

Albano Loureiro, Presidente da Mutuália, referiu que para atingir a “sustentabilidade financeira” é essencial “modernizar”. Com as Instituições a perder Associados, “as que conseguirem contrariar esta tendência são consideradas Instituições de Excelência. E é o caso d’A Previdência Portuguesa”, disse o Advogado. A relação de “proximidade” com os Associados é basilar para o Movimento. Ainda que ocorra uma mudança socioeconómico repentina, “as Associações Mutualistas estão cá para isto. O Movimento Mutualista está cá para apoiar a comunidade”.

Luís Alberto Silva, Presidente da União das Mutualidades Portuguesas, recordou os 721 Anos de história do Movimento Mutualista. Em Portugal, o Movimento Mutualista representa um quarto da população do País. O Mutualismo é um dos pilares da economia social, por isso, o dirigente defende a criação de uma Secretaria de Estado para a Economia Social. “As instituições sociais prestam um inestimável serviço às famílias e às pessoas, substituindo o Estado.” Por fim, parabenizou A Previdência Portuguesa pelos seus 90 Anos e por tudo o que tem feito pelo Movimento Mutualista em Portugal.

 

A Previdência Portuguesa é uma Associação Mutualista que tem como missão a promoção do bem-estar dos seus Associados, disponibilizando múltiplos produtos na área da mutualidade, financiamento através de empréstimos, cuidados à primeira infância (Jardim de Infância d’A Previdência Portuguesa), ensino complementar (Centro de Explicações APP) e uma clínica médica (Clínica Previdência Saúde), assim como benefícios vários na área da economia doméstica, saúde, desporto, lazer e cultura.

“É no dar que se recebe” é o lema d’A Previdência Portuguesa, fundada em 1929.

56702218_1738413046258963_2465722144605077504_nIMG_0446IMG_0387IMG_0394IMG_0416IMG_041856558629_2137098096375279_8619181571234070528_n56608914_2137098046375284_6516516907695210496_nIMG_0433IMG_0441IMG_0443