900x400

Em 2019, a União de Freguesias de Santa Clara e Castelo Viegas realiza o 1.º Concurso de Bandas de Garagem integrado na Feira Popular de Coimbra.

A Associação Mutualista apoia esta iniciativa que se destina a criar oportunidades para novos projetos, promovendo o talento na área musical, de forma a conceder a possibilidade de lançar estes projetos no meio artístico, estimular a formação e o trabalho desenvolvido pelas respetivas bandas de garagem e oferecer à população algo diferente.

O concurso terá três fases: Seleção das inscrições (audição das maquetas pelo júri – um representante da União de Freguesias de Santa Clara e Castelo Viegas, um representante d’ A Previdência Portuguesa e o músico MC Ruze – que apura 8 bandas), Eliminatória (apresentação na Feira Popular, com votação pelo público via Facebook a fim de encontrar os 3 finalistas), e Fase final (atuação das três bandas preferidas do público, com avaliação do júri que ditará o vencedor). Para avaliação, serão tidos em conta fatores como: originalidade, criatividade, presença em palco, interatividade com o público, execução técnica e musical e composição (letra e música).

Os projetos que chegarem à Fase final irão disputar, ainda, vales de compras em material musical no valor de 1.750, 500 e 250 euros, conforme a classificação. Estes prémios são oferecidos pel’ A Previdência Portuguesa e os restantes parceiros da iniciativa, com o intuito de incentivar os artistas a trabalharem nos seus projetos musicais.

Na conferência de Imprensa, que decorreu na Sede da União das Freguesias de Santa Clara e Castelo Viegas, António Martins de Oliveira, Presidente do Conselho de Administração da Associação Mutualista, destacou que o objetivo desta iniciativa é projetar e lançar novas bandas de garagem, ajudando as bandas que ambicionam alcançar outra patamar no mundo da música.

A Previdência Portuguesa é uma Associação Mutualista que tem como missão a promoção do bem-estar dos seus Associados, disponibilizando múltiplos produtos na área da mutualidade, financiamento através de empréstimos, cuidados à primeira infância (Jardim de Infância d’A Previdência Portuguesa), ensino complementar (Centro de Explicações APP) e uma clínica de saúde (Clínica Previdência Saúde), assim como benefícios vários na área da economia doméstica, saúde, desporto, lazer e cultura.

“É no dar que se recebe” é o lema d’A Previdência Portuguesa, fundada em 1929.