Sessão de Abertura 900x400

A Previdência Portuguesa assinalou o 90.º Aniversário na passada sexta-feira, dia 11, com uma Sessão de Abertura das comemorações.

O evento decorreu na Casa da Mutualidade – Galeria de Arte e Centro de Mutualismo, que se encheu de associados, parceiros e membros diretivos e funcionários da Instituição para, juntos, celebrarem a efeméride.

Dr. Luís Pais de Sousa, Presidente da Mesa de Assembleia Geral, destacou a cerimónia comemorativa como “um momento de orgulho par’A Previdência Portuguesa e para o Movimento Mutualista. E não deixou de relembrar a importância do Movimento Mutualista face ao “período de incertezas relativamente ao futuro”, apelando “a todos para que continuem a partilhar os valores do Mutualismo, neste tempo difícil e global que atravessamos”.

O Presidente do Conselho de Administração, Dr. Martins de Oliveira, considerou que “este percurso de 90 anos demonstra que valeu a pena”, recordando os tempos difíceis que motivaram a criação d’APP. O Presidente informou que a APP “detém um património imobiliário superior a 13.000.000 de euros que gera anualmente um rendimento muito próximo dos 600.000 euros, o que permite desenvolver diversas atividades em prol dos Associados”. E é a pensar nos Associados e nas suas necessidades que deu a conhecer as novas valências que estão a ser equacionadas: Estrutura Residencial para Idosos (ERPI), Lar Residencial e Horta Comunitária. Martins de Oliveira terminou o seu discurso descrevendo algumas atividades que farão parte do programa comemorativo ao longo de 2019, como: o Concurso “Jovem Mutualista”, a aquisição da Unidade Móvel de Saúde, o Encontro Geracional do Jardim de Infância, a inauguração da Delegação de Santa Maria da Feira e o lançamento do Livro dos 90 Anos d’A Previdência Portuguesa.

A sessão também contou com a presença do Professor Amado Mendes, que será o autor do Livro comemorativo dos 90 Anos d’APP. Amado Mendes adiantou o título da obra, “A Previdência Portuguesa – Associação Mutualista, 90 Anos em prol da solidariedade, 1929-2019”. “Aprofundarei e desenvolverei alguns dos tópicos já focados pelo malogrado Dr. Mário Nunes, aquando das comemorações dos 75 Anos desta quase secular Instituição e investigarei outras”, disse Amado Mendes.

Seguiu-se um concerto protagonizado pelo Trio de Cordas da Orquestra Clássica do Centro. Finalizou-se o evento com o Porto de Honra e o convívio entre os presentes.

No mesmo dia foi inaugurada a Exposição “Retrospetiva d’A Previdência Portuguesa”, que estará aberta ao público na Casa da Mutualidade até ao dia 31 de janeiro.

DSCF9630DSCF9541DSCF9537DSCF9545DSCF9546DSCF9548DSCF9552DSCF9534DSCF9544DSCF9568DSCF9580DSCF9593DSCF9584DSCF9621DSCF9625DSCF9634DSCF9642DSCF9636DSCF9610DSCF9607DSCF9659DSCF9656DSCF9675DSCF9670DSCF9606DSCF9602DSCF9681DSCF9689DSCF9692DSCF9693DSCF9694DSCF9698DSCF9704DSCF9684DSCF9687DSCF9668DSCF9559DSCF9628DSCF9587DSCF9565DSCF9561DSCF9556DSCF9555DSCF9719DSCF9717DSCF9716DSCF9662DSCF9653DSCF9665DSCF9742DSCF9739DSCF9727DSCF9724DSCF9663DSCF9550DSCF9679DSCF9711