noticia_29062020

O Relatório de Contas d’A Previdência Portuguesa (APP) foi aprovado, por maioria, esta sexta-feira, 26 de junho. Os resultados representam o melhor desempenho de sempre na história d’APP. Em 2019, obteve o resultado líquido de 432 583€, registando em termos de performance económico-financeira um crescimento de 44%, comparativamente a anos anteriores.

A Previdência Portuguesa (APP) realizou no passado dia 26 de junho, a Assembleia Geral Ordinária, nas instalações do Pavilhão Palmeira, com apreciação, discussão e votação do Relatório Anual de Contas, relativo a 2019. Tendo em conta a adaptação à atual conjuntura da pandemia por Covid-19, a Assembleia decorreu no cumprimento das recomendações da Direção-Geral da Saúde.

O relatório foi aprovado por maioria, tendo-se destacado pelo resultado líquido apresentado em 2019. Mais de 400 mil euros, o que representa um crescimento de 44%, comparativamente a anos anteriores, nomeadamente 2017 (ano com resultados também francamente positivos).

Sendo este um indicador importante que traduz a performance económico-financeira d’APP, o Conselho de Administração (CA) explicou que a estratégia de planeamento adotada tem sido norteada e alinhada por uma Plano Estratégico Profissional e de Performance. Foram apostas deste CA a implementação de ferramentas tecnológicas inovadoras na monitorização do desempenho; a aposta na revitalização e reforço no investimento imobiliário, fortalecendo a sustentabilidade futura; bem como o investimento na profissionalização de áreas vitais, como:  Rede de Promotores; Marketing e Comunicação; Parcerias/ Vantagens; Serviços de Saúde.

De referir que o Relatório de Contas de 2019, mostra ainda que quando comparando as médias dos períodos de 2000-2014 e 2015-2019, verifica-se um crescimento de 118% em termos de entradas de Associados; um crescimento médio de 62% das subscrições; bem como um decréscimo médio de 41% das saídas de Associados. Comparando também a média do valor contratualizado nas modalidades atuariais de 2000-2014 e de 2015-2019, verificou-se um aumentou de 69%.

Este resultado líquido, por comparação nestes mesmos períodos, representa um aumento médio de 713%.

Para o ano de 2020, A Previdência Portuguesa tem como objetivo continuar a alavancar e estimular a atividade associativa, contando com mais 458 novos Associados (que entraram em 2019), tendo agora como massa associativa mais de 6000 Associados. A aposta na expansão da rede de promotores, foi responsável pela angariação de mais de 48% dos novos associados.

Recorde-se que A Previdência Portuguesa é uma das mutualistas, cujas modalidades permitem maior retorno financeiro aos seus associados.