IMG_2838

Inclusão, formação e qualificação de RH são os principais dos objetivos do acordo de cooperação estabelecido, com vista à defesa de uma sociedade mais inclusiva.
A PREVIDÊNCIA PORTUGUESA – Associação Mutualista (APP) e a ACAPO- Associação dos Cegos e Amblíopes de Portugal assinaram um protocolo de colaboração e desenvolvimento estratégico no dia 10 de janeiro de 2020.

Estiveram presentes na Cerimónia de Assinatura António Mesquita e  Hélder Almeida, membros da Direção da APP; Ana Carina Martins Diretora na Clínica Previdência Saúde; José Fernando Rodrigues (Representante da ACAPO); Teresa Pedro (Técnica de Integração Profissional da ACAPO); e Cati Ramos (Formanda).

Este protocolo visa a promoção e aquisição de competências, na defesa de uma sociedade inclusiva, que dignifique a pessoa pela participação na vida social, através da adoção de medidas de inserção socioprofissionais.

A cooperação entre as duas Instituições incide assim na inclusão, formação e qualificação de RH.  Assim sendo, através de uma experiência de Prática em Contexto de Trabalho, a Formação da formanda Cati Ramos da ACAPO, decorrerá de acordo com as orientações definidas pela orientadora Ana Carina Martins, realizada na Clínica Previdência Saúde, em cooperação com as indicações definidas pelos Técnicos da ACAPO, no âmbito da Medida de Qualificação das Pessoas com Deficiência e Incapacidades, com a duração de 1200 horas.