A escola ocupará sempre um papel de relevo na nobre missão de educar. Esta difícil tarefa passa pelo desenvolvimento de competências e pela aquisição de conhecimentos, mas também pela promoção de qualidades cívicas que favoreçam a formação de crianças, de forma a torná-las cidadãos ativos nos mais diversos contextos de atividade numa sociedade, assente nos valores da liberdade, da igualdade e da solidariedade.